Textos

RESENHA: Perdida – Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo

Sofia Alonzo é uma jovem de 25 anos que ficou órfã há alguns anos. Trabalha bastante, mora sozinha e não tem sorte no amor. Sua melhor amiga Nina já encontrou seu grande amor, Rafael, e está indo morar com ele.

Em uma festa, por grande sorte de Sofia, seu celular cai dentro de uma privada e ela é obrigada a comprar um novo aparelho. Na loja , Sofia se depara com uma vendedora estranha, um aparelho de ótima qualidade e preço, e mesmo surpresa resolve adquiri-lo. Quando uma forte luz branca atinge Sofia através de seu novo aparelho, ela nem imagina o que está por vir.

Sofia se vê em um campo, em uma paisagem totalmente diferente do que está acostumada e nota um homem se aproximando. Roupas estranhas, estilo estranho. Então vem a surpresa! Através do lindo jovem Ian Clarke, Sofia descobre que está presa no século 19, no ano de 1830 e não sabe como voltar para casa.

 

“ – Vejo que está um pouco atordoada! Vamos até minha casa. Descanse um pouco e depois que falar com o médico, prometo que farei o possível para ajuda-la, está bem? – sua voz baixa e rouca, os olhos intensos, não me deixaram outra escolha.”

 

Ian Clarke propõe que Sofia fique em sua casa até que encontre uma maneira de voltar para sua terra natal. Sofia, durante sua estadia na casa do jovem charmoso e sua graciosa irmã Elisa, vai ser obrigada a conviver com a falta de alguns acessórios do seu dia a dia, como banheiros, por exemplo.

 

“ – Cadê os banheiros?   – perguntei em pânico.

 – Banheiros?

Ah, Não!   

Não! Não! Não!”

 

Sofia se vê obrigada a ficar na casa de Ian até descobrir como voltar para seu tempo, mas então descobre que tem uma missão a cumprir, e ao que tudo indica, refere-se ao lindo Ian Clarke. A partir daí, vai se desenrolar o maravilhoso romance entre Ian e Sofia.

Tenho que confessar que nunca fui fã de literatura brasileira, mas depois de muito ouvir falar sobre os livros da Carina Rissi, principalmente a série Perdida, e muitos comentários bons, resolvi dar uma chance.

Confesso que me surpreendi bastante, esperava uma trama menos elaborada, mas Carina resolveu me contrariar rsrs! A história é super envolvente, te faz viajar e se sentir ao lado de Sofia enquanto ela narra o que se passa em sua vida. As quase 400 páginas passaram rapidamente. A história tem uma linguagem simples,  de fácil entendimento, sem muito rodeios e sem descrições exageradas.

O que tenho a dizer, é que o livro é surpreendente e te faz viajar junto com a Sofia para o ano de 1830. Leitura muito cativante. Não e um romance simples de época, mas um romance de época, com algumas pinceladas do futuro.

Autora: Carina Rissi

Ano: 2013

Editora: Verus

Clique aqui para adquirir Perdida

(Visited 48 times, 1 visits today)

Comments

comments

Deixe seu comentário